menu

Image Map

12 outubro 2015

MOMENTO NOSTALGIA: BRINQUEDOS DOS ANOS 80

Dia das crianças está chegando, e bateu aquele forte sentimento de nostalgia. Fico relembrando a minha infância que apesar das dificuldades foi maravilhosa, eu fui uma criança muito feliz, sabia aproveitar cada segundo, comigo não tinha tempo ruim. 

Eu não nasci em um berço de ouro, todos os  brinquedos que eu tive, roupas e sapatos, meus pais me deram com muito suor, trabalho e dificuldade. Mesmo sendo criança, na época eu já tinha consciência que meus pais não poderiam me dar todos os brinquedos que eu quisesse, principalmente os mais caros. Mesmo assim, eu ficava feliz com o que ganhava e aproveitava muito.


Vou mostrar para vocês alguns dos brinquedos que eu já tive, e outros que eu sonhava em ter. Rsrsrsrs!





Brinquedos que eu já tive:






Como eu era fascinada por essa caixa registradora. Era um máximo brincar com ela de padaria, supermercado e por ai vai...





Banheira da Barbie. Era uma fofura essa banheira, enchia de água com espuma, e  a mangueira do chuveirinho saia água.




Essa caminha da Barbie era um amor. Muito delicada, cheia de detalhes fofos. O edredrom era dupla face, e os dois lados cada um mais fofo que o outro, os travesseiros um charme, e a cabeceira também dava para trocar de lado.





Na época que meus pais me deram o camarim da Xuxa (eu era muito fã dela), eles mandaram eu escolher ou a cozinha da Barbie ou o Camarim da Xuxa, fiquei na dúvida mas acabei optando pelo camarim. Ele era uma fofura, vinha com vários objetos (secador de cabelo, rolinho de cabelo, escova de cabelo, pente, batom, perfume).




Sim, eu tive o Murfy e era apaixonada por ele. Rsrsrs! Não era o brinquedo mais lindo do mundo. Mas eu achava um máximo um macaco com brinco de banana e que fazia UUF UFF quando você apertava a barriga, e a boca também abria. Rsrsrsrsrs.




A boneca da Xuxa, até hoje não sei porque eu quis essa boneca tão medonha. Rsrsrs! No início eu até gostava dela, a achava linda, as roupinhas super fofas, mas depois que começou uma história de que as bonecas da Xuxa e do Fofão tinham uma faca dentro deles, por causa de um pacto que eles fizeram com o diabo, dei logo um jeito de desfazer da minha boneca Xuxa, passei a ter medo dela, principalmente na hora de dormir. E o boneco fofão da minha prima, quando meus tios abriram tinha uma faca dentro dele. Que horror!






Ah! Boneca Sara, que eu chamava de Sarinha, que lindeza essa bonequinha. Toda fofinha e meiga. Eu adorava essa roupinha linda. O nome dela era Sara porque se você passasse uma esponja de água morna nela, ela ficava cheia de machucadinhos no braço, e a esponja com a água fria fazia o machucadinho sumir. Fora que ela ainda vinha com curativos super fofos, que eu nunca tive coragem de usar de tão lindinhos. Rsrsrs.







Boneca cambalhotinha que amor! Muito lindinha e engraçadinha.



Essa batedeira era incrível, ela fazia bolos de verdade. 




Batatinha como era fofa essa bonequinha. Eu tenho a minha até hoje! Na época vendiam a coleção os bonequinhos eram legumes e verduras.



Lu esquiadora, um charme de boneca! Eu adorava a minha. Mas confesso que a boneca não tinha uma boa durabilidade, com pouco tempo de uso estragou, e não foi descuido pois, eu era bem zelosa com meus brinquedos.




As famosas fofoletes que amor essas bonequinhas. E esse estojo cheio 
de repartições era um máximo, o meu tinha o formato de castelo.






O famoso bichinho virtual Tamagoshi, eu adorava e me divertia horrores, levava super a sério o meu bichinho, cuidava direitinho e ainda fazia de tudo para ele não se transformar em um capetinha quando morresse. 


Brinquedos que eu nunca tive



Dois brinquedos que eu sonhava desesperadamente em ter mas nunca tive, porque eram caríssimos, e meus pais não tinham condições de me dar. O furgão e a ferrari da Barbie. Inclusive o furgão é caro até hoje custa uns R$ 650 reais.















Lanchonete do Mc Donald's que fofura esse brinquedinho.




Outro sonho era ter a sorveteria da Barbie, como os produtos eram caros e são até hoje. Cheguei a escrever uma cartinha para o programa do Silvio Santos, Porta da Esperança sonhando em ganhar a coleção completa de Barbies e objetos.






Gravador da Gradiente, minha prima tinha eu achava muito bacana esse brinquedo.



Eu era apaixonada com essa cozinha fofa.





Como eu gostava de assistir o comercial do Aquaplay, ficava maravilhada vendo aquele potinho com água cheio de argolinhas.




Boneca Rockita que gracinha essa fofa, super estilosa cabelo frisadinho e ainda vinha com um radinho que tocava uma música engraçadinha para ela dançar.






Confeitaria da Moranguinho, uma fofura esse brinquedinho.






Essa bendita casa da Barbie, como era cara. Eu sonhava em ter, até o dia em que meu pai me convenceu que faria uma casa da Barbie para mim, bem maior e muito mais interessante do que essa. E ele acertou, fez uma big casa dos sonhos, até luz e sótão tinha. Rsrsrs!




Eu já amava escrever desde pequena, não é atoa que me formei em jornalismo. Rsrsrs!






Eu queria muito essa maquininha de tricô, eu adorava pegar retalhos de tecidos para fazer eu mesma as roupinhas das minhas bonecas, e costurava tudo á mão. 




Academia de ginástica da Barbie que lindinha!





Pogo Bol eu achava esse brinquedo um máximo, tinha vontade de pedir ele de presente para meus pais, mas acabava optando por uma boneca.




Quarto da Barbie, era simples mas muito fofo!




Essa cozinha era um sonho de consumo! 





Super massa era muito divertido brincar com essas massinhas, colegas minhas de escola tinham, eu adorava.







Um comentário:

Blog da Paty Rezende disse...

Eu amava brincar com Tamagoshi, quantas vezes acordei de madrugada pra cuidar deste bichinho !! rsrs Eu sempre quis a casa da Barbie, mas lembro que era muito cara, então minha mãe comprava os "cômodos" pra mim. Que saudades... Bjim

blogpatyrezende.blogspot.com