menu

Image Map

17 maio 2016

COMO TER UM ARMÁRIO CÁPSULA?



O armário-cápsula (capsule wardrobe) é o mais novo conceito da moda, e vem mudando a maneira de pensar de algumas mulheres. A ideia gira em torno da simplificação da vida, começando por um guarda-roupa compacto que permite criar inúmeros looks com poucos itens durante uma temporada inteira. Além de economizar, pois você não vai precisar mais gastar horrores de dinheiro comprando muitas bolsas, sapatos, vestidos, calças etc. 


Armário-cápsula é uma técnica que consiste em escolher uma quantidade limitada de peças para vestir durante um tempo determinado, sem comprar nada novo, apenas criando combinações com as peças existentes.

A nova tendência apoia a ideia de consumo consciente e ajuda a evitar o consumo impulsivo. E nos faz refletir se realmente precisamos comprar aquela mercadoria, ou pensar 10 vezes antes de sair comprando por impulso, até mesmo peças semelhantes as que você já tem no seu armário. 

O termo "armário cápsula" surgiu na década de 70 com estilista Susie Faux, dona de uma loja chamada Wardrobe (guarda-roupa, em tradução literal). Ela imaginou a possibilidade de ter um guarda-roupas com poucos – e bons – itens, mas que combinassem perfeitamente entre si. E isso foi basicamente o que a blogueira norte-americana Caroline Rector, fez para nos provar que pode dar certo.Em 2013, ela adotou o armário-cápsula e sua experiência foi relatada no blog "Unfancy".

Que tal passar uma estação inteira com apenas 30 peças? Não é uma regra ter somente 30 peças, é apenas uma sugestão. Algumas pessoas adeptas do armário-cápsula passa um estação inteira com apenas 13 peças. Vai da necessidade de cada pessoa.

O funcionamento é simples, a cada três meses, Caroline reúne 37 peças versáteis que se encaixam perfeitamente ao lifestyle daquela estação. O restante – itens de outras temporadas ou peças que já estavam sendo usadas com pouca frequência – é armazenado em caixas sob a cama e, se não for revisitado mais, será doado.

Em resumo, seu armário consiste em nove pares de sapato, nove peças de baixo, 15 peças de cima, dois vestidos e dois casacos. Para chegar ao número, ela avaliou quantas peças queria e/ou precisava de cada categoria. Por isso, acha que essa quantidade pode variar de pessoa para pessoa. O ideal é se manter entre 30 e 40, no máximo. E mais: nem tudo deve ser uma nova aquisição. Alguns itens atravessam temporadas no armário de Caroline, que adotou esse novo hábito há dois anos.



A nova prática ajudou inclusive Caroline a controlar as compras feitas por impulso. Durante os três meses em que o armário está prontinho, ela aproveita para juntar US$ 500 (R$ 1.900) para poder comprar coisas pontuais ou que deseja muito ter no armário da próxima estação.Mas uma mudança desse tipo exige muita reflexão e paciência. Dificilmente, ela será feita de um dia para o outro. O desapego material é gradativo. Mas um bom ponto de partida é questionar por que manter no guarda-roupa peças que já nem vestem tão bem ou já não correspondem mais ao seu estilo.







COMO MONTAR MEU ARMÁRIO-CÁPSULA:






Não existe uma única regra para montar um armário-cápsula, a primeira coisa que você tem que fazer é refletir pois esse tipo de conceito não foi feito para todo mundo. Muitas pessoas tem dificuldade de repetir roupas e principalmente de economizar. O armário-cápsula não funciona para todo mundo. Mas não custa nada tentar. Se você acha que terá dificuldades para montar seu armário, o ideal é contratar uma consultora de imagem, no caso euzinha. Rsrsrs! 

Para quem não sabe sou jornalista e também consultora de moda, então se você precisa daquele empurrãozinho, entre em contato comigo, ficarei muito feliz em ajudar.


Então vamos ao que interessa, abaixo listei algumas dicas para você colocar em prática seu novo estilo de vida.

  • Você precisa praticar o desapego: Para quem tem dificuldades de doar peças, fica só acumulando roupas no guarda-roupa que não usa há anos. Aprenda já a desapegar de tudo aquilo que você não usa mais, não gosta ou que não te serve. Doe tem tantas pessoas precisando de roupas e calçados.
  • Aprenda a repetir looks. Isso mesmo, se você tem dificuldades de repetir roupas e não gosta, pense 10 vezes antes de querer aderir a este novo conceito que é o armário-cápsula. 
  • A quantidade de roupas pode variar entre 13,30,45 e assim por diante. Escolha roupas neutras, confortáveis e versáteis. 
  • Cores: Pense em cores que fazem sentindo para cada estação do ano. Dê preferência para cores neutras que combinam com tudo, como branco, preto, cinza, marrom ou azul marinho. Com as cores básicas definidas fica mais fácil harmonizar com todo o resto. Depois escolha algumas peças mais coloridas para dar um "up" nos looks.
  • Hora de refletir: Identifique o seu estilo, isso é muito importante. É a partir dele que você vai saber por onde começar a montar seu armário-cápsula. Seu estilo é clássico, romântico, despojado, chique, boho, girly ou esportista? Leve isso em conta na hora de escolher suas roupas.  Se você não sabe qual o seu estilo, mais uma vez digo, está na hora de pedir ajuda a um profissional de moda. 
  • Como é o seu estilo de vida? Faça uma lista das principais atividades que envolvem o seu dia-a-dia. Como: trabalho, viagens, passeios, feriados, eventos como aniversários, casamentos e até o tempo que se passa em casa.
  • Marcas: Faça uma lista de lojas, marcas e designers que você adora e que funcione com o seu estilo, corpo e orçamento. Isso ajuda a guiar as compras.

  • Peças-chave: Coloque no papel itens que você já tem e alguns que pretende comprar. Pense uma lista geral de favoritos para ter uma noção mais completa do seu estilo pessoal. Inclua tops, partes de baixo, sapatos, vestidos e terceiras peças. Deixe de fora da contagem roupas de malhar, acessórios, pijamas, lingerie e moda festa.

Imagens: Pinterest

  • A moda está em constante mudança, o que é tendência hoje amanhã, ou daqui alguns meses deixa de ser. Por isso é importante levar em consideração estilos, cortes e texturas que são considerados clássicos e que nunca saem de moda, esses devem ser priorizados na hora de montar um armário-cápsula.
  • O armário-cápsula é ótimo para quem quer emagrecer. Rsrsrs! Você fica de olho na sua alimentação e evita ganhar uns quilinhos extras, pois a variação de peso afeta a quantidade de roupas novas que você compra.
  • Opte por roupas de qualidade que possam durar por muito tempo.
  • Quando tiver suas peças selecionadas, guarde todas as outras em uma mala em cima do seu armário, ou onde achar melhor.
  • Considere o clima e a estação de onde você mora. Aqui em Belo Horizonte por exemplo, o clima é totalmente diferente de Santa Catarina que sempre faz um friozinho gostoso. 





  • 1. Aproveitar melhor as peças que você já tem. Às vezes, temos tantas roupas no guarda-roupa que fica até difícil ser criativa nas combinações. Quando você limita o número de peças, consegue otimizar o que tem.
  • 2. Facilitar a escolha das roupas, já que a variedade é muito menor e assertiva.
  • 3. Otimizar o espaço no seu guarda-roupa, que não ficará abarrotado de roupas.
  • 4. Usar só peças que ama muito. Isso vai evitar comprar por impulso.
  • 5. Economizar dinheiro, (esse tópico os maridos vão amar) Rsrsrs! pois você não comprará roupas novas nos próximos três meses. Ou mesmo gerenciar compras por impulso no cartão de crédito, já que você organiza seu orçamento destinado às roupas.


Imagens/Pinterest.



Guia básico de cores para o seu guarda-roupa (sugestão)



INSPIRAÇÕES





Imagens/Pinterest.

Confesso para vocês que eu estou passando da hora de praticar este novo conceito. Já comprei várias vezes por impulso, e itens desnecessários e depois me arrependi. Preciso comprar somente o essencial e gastar menos. Rsrsrs! 

Se eu eu conseguir aderir a esta tendência conto para vocês. Em tempos de crise é uma ótima opção. 







03 maio 2016

Os looks mais bizarros do met 2016


Sinceramente não sei nem o que comentar nesses looks, de tão feios, cafonas, esquisitos e bizarros. Como essas celebridades conseguem sair de casa assim? Será que elas acham que iria arrasar, causar? Realmente causaram medo e pânico em todo mundo. Rsrsrsrsrs!



Lorde estava parecendo aqueles forros de mesa feitos de papel crepom, que eram usados em festas de aniversário infantil nos anos 80-90. Eu já tive muitas mesas enfeitadas assim! Rsrsrsrs. E essa cara amiga? Era melhor ter ficado em casa assistindo tv.




Titia Madonna, só faltou sair de casa com uma melancia na cabeça. Essa queria aparecer e com o bumbum de fora. Rsrsrs! 

Ok! Para a idade que ela tem seu bumbum está divino, lá em cima. Mas não precisava sair com ele por ai ao ar livre. 




Lady Gaga, quanta decepção! pensei que aquela sessão descarrego tinha funcionado, você estava diva e arrasando. Agora voltou estaca zero, só faltou ter ido com carnes dependuradas na roupa. 



Nicky Minaj... o que dizer do seu look? Simplesmente feio. 




Solange Knowles, arrasando de modelito leque! #SQN. Rsrsrs!



Maria do Bairro, ops! Thalia, acabou de sair do filme Mad Max.



Zoe Kravitz de butterfly, nada a ver com o tema do baile.



Ashley e Mary - Kate Olsen que looks horrorosos são esses? parece que só colocaram um cobertor no corpo e saíram para o evento.



Esse look da diva Beyoncé me deu aflição, parece que está toda apertada dentro desse plástico.



Irina Shayk, usou um vestido tão feio e cheio de informações. Não gostei!




Katy Perry fantasiada de rainha das góticas. Não ficou bom amiga!





Michelle Monaghan, está vestida com vários sacos plásticos de lixo.




Rita Ora, toda trabalhada nas penas. 



Nossa eterna Carrie Bradshaw, ou melhor Sarah Jessica Parker, usou uma calça corsário muito feia e nada a ver com o resto do look. Não gostei dessas mangas estranhas do casaco.






Vestido de Claire Danes que brilha no escuro!

O famoso baile de gala MET, do Metropolitan Museum Of Art, em Nova York, que acontece sempre na primeira segunda-feira de maio, é um dos eventos mais esperados para nós que amamos espiar os looks das celebridades.
Entre tantos looks, alguns bonitos, outros sem sal e aqueles que são extremamentes bizarros, teve um que se destacou por um detalhe inusitado: o vestido brilhava no escuro. Eu não acreditei quando vi, e simplesmente babei! Sim... Eu juro que usaria um desses. Rsrsrs!
E a sortuda que estava vestida de cinderela brilhante, foi a atriz Claire Danes. A peça foi criada pelo estilista Zac Posen, que a princípio só parecia mais um vestido inspirado na Cinderela.
O vestido tinha tudo a ver com o tema da festa: Manus X Machina: a moda na era da tecnologia. Posen arrasou!



O vestido era todo de organza, num tom azul claro, tomara que caia e bem rodado.





O efeito foi criado pela utilização de fibras óticas e por 30 minibaterias costuradas em todo o vestido.



Cuidados com a pele no inverno!




As estações do ano que eu mais amo chegaram! Outono e inverno. Gosto muito desse tempinho frio gostoso, andamos mais elegantes, comemos mais também e dormimos maravilhosamente bem.

Mas como nada nessa vida é 100% perfeito, o frio também é sinônimo de clima mais seco, resfriados, baixa umidade do ar e até pele ressecada.


Por isso,  separei dicas preciosas  para você arrasar no inverno!



  • Eu sei o quanto é gostoso tomar um banho quente no inverno, assim como dá muita preguiça de sair do chuveiro e sentir aquele frio todo! Mas não abuse de banhos muito quentes e demorados, isso pode ressecar sua pele. A água quente retira a oleosidade natural da pele.

  • Beba sempre no mínimo 2 litros de água por dia. Essa dica é válida para todas as estações do ano.



  • Evite se ensaboar demais e usar buchas, que também contribuem para alterar a composição do manto hidrolipídico (hidratante natural produzido pelo organismo) que protege a pele. 
  • Use o hidratante logo após o banho - ainda no banheiro - com aquele vaporzinho pós-banho, causada pelo aquecimento do chuveiro, que ajuda na penetração do creme.

  • Se a pele for oleosa, como cútis com acne, evite hidratante comum no rosto, use oil-free nas áreas de maior oleosidade (rosto e tórax).

  • Os lábios também costumam ressecar muito no inverno. “Em locais de clima frio e seco, é importante usar hidratantes labiais para evitar rachaduras. Existem alguns umectantes (compostos com substâncias que matem a pele umedecida) para lábios, além de batons hidratantes que além de hidratar deixam os lábios mais bonitos” Usar manteiga de cacau nos lábios também ajuda.

  • Os cremes à base de silicone, alantoína, ureia, pantenol e cerâmidas conferem proteção contra ressecamento e aspereza. 

  • Protetor solar sempre.

  • Cuidado com o ar-condicionado. Ele é mais habitualmente usado no verão, mas muitas vezes também usamos no tempo frio no trabalho ou no carro. Evite o máximo que puder, já que ele rouba água do corpo e também resseca.